Santuário

Santuário Arquidiocesano São Judas Tadeu

09h
- (Transmissão On-Line durante a quarentena)

18h
- (Transmissão On-Line durante a quarentena)
19h
- (Transmissão On-Line durante a quarentena)
19h
- (Transmissão On-Line durante a quarentena)
19h
- (Transmissão On-Line durante a quarentena)
19h
- (Transmissão On-Line durante a quarentena)
19h
- (Transmissão On-Line durante a quarentena)
19h
- (Transmissão On-Line durante a quarentena)
18h
- (Transmissão On-Line durante a quarentena)
Dia 28 - Festa de São Judas Tadeu

00h

04h

06h

08h

10h

12h

14h

16h

18h

20h

22h

Comunidade Santa Rosa de Lima

Domingo
09h - (Quando terminar a quarentena)
Quarta-feira
19h - (Quando terminar a quarentena)
Você está em:

Henrique Piló

O Santuário Arquidiocesano São Judas Tadeu, localizado no Bairro da Graça, região nordeste da capital mineira, é um espaço privilegiado para quem busca nutrir sua espiritualidade.

Diariamente, peregrinos trazem suas vidas, lutas e histórias, num autêntico movimento de entrega e abandono à misericórdia divina. Anualmente, cerca de 120 mil devotos comparecem, no dia 28 de outubro, à festa do Padroeiro. Este é um momento ímpar de demonstração de fé. São pessoas de todas as idades, que buscam, sem desanimar, o encontro pessoal com Deus.

Tudo começou de forma muito simples. Em 1952, uma pequenina capela dedicada a São Judas Tadeu foi erguida em uma fazenda, contando com o apoio de fiéis e membros da Sociedade São Vicente de Paulo.
Este pequeno templo transformou-se na Paróquia São Judas Tadeu, em 31 de dezembro de 1954, sob a bênção do primeiro arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, dom Antônio dos Santos Cabral.

O tempo passou, o Santuário ganhou um aspecto arquitetônico amplo e para melhor acolher os paroquianos e peregrinos, em 2017, iniciou-se a campanha em prol da sua revitalização.

Hoje, o Santuário é um grande centro evangelizador da Arquidiocese de Belo Horizonte, responsável pelas atividades pastorais e serviços, administração, atendimento aos romeiros e peregrinos que o visitam. Toda esta estrutura é mantida por colaboradores, além de centenas de voluntários, que ajudam a sustentar as atividades e projetos do Santuário.

 

A história do Santuário Arquidiocesano São Judas Tadeu teve início com um pequeno palanque coberto de sapé, no qual, aos domingos, celebrava-se a Eucaristia para os fiéis. Em seguida, construiu-se uma humilde capela dedicada a São Judas Tadeu, fruto do trabalho dos vicentinos. Conheça a história deste espaço de fé:

  • 9 de março de 1952

Celebrada a primeira Missa na capelinha dedicada a São Judas Tadeu

  • 31 de dezembro de 1954

Em 31 de dezembro de 1954, dom Antônio dos Santos Cabral, arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, criou a paróquia desmembrada das paróquias de Nossa Senhora das Graças e da Sagrada Família.

  • 28 de outubro de 1955

Celebração da primeira Festa e Novena de São Judas Tadeu.

  • 1957

Inicia-se a elaboração do projeto de construção da igreja.

  • 28 de dezembro de 1958

Lançada a pedra fundamental do Santuário São Judas Tadeu

  • 1987

Foi adquirido um imóvel, situado à Rua Itaquera, 1.166, onde a paróquia dispõe de um grande salão e salas para reuniões, além de cozinha, secretaria e sanitários. Ademais, nesse mesmo local, construiu-se um ambiente anexo para atividades das Obras Sociais São Judas Tadeu e, também, das pastorais e movimentos do Santuário.

  • 2008

Para ampliar o espaço de evangelização, em 2008 adquiriu-se um terreno no bairro Nova Floresta e iniciou-se a construção da igreja para Comunidade Santa Rosa de Lima.

  • 2011

Inauguração da Comunidade Santa Rosa de Lima.

  • 2017

Início do Projeto de Revitalização “Nos Passos de São Judas”

 

 

O Santuário Arquidiocesano São Judas Tadeu tem por missão anunciar e testemunhar o Evangelho, à luz dos valores cristãos e da devoção a São Judas Tadeu, prestando um atendimento de qualidade, sendo agente transformador de pessoas e da sociedade.

Ser casa da Espiritualidade, da Acolhida aos Pobres e da Cultura.

Reitor do Santuário
Pe. Nivaldo dos Santos Ferreira

Vigários Paroquiais
Pe. Gilberto Sousa
Pe. Ricardo de Paula Vieira

Pároco Emérito
Pe. Pedro de Sousa Pinto

Padre Colaborador:
Pe. Gilberto Santana Anjos

Irmãs Sacramentinas de Bérgamo
Ir. Maria Aparecida da Silva
Ir. Helena Ramos
Ir. Iara Cananda Furtado da Silva

Comunidades
Santa Rosa de Lima
São Benedito
São Francisco de Assis
Nossa Senhora Aparecida
Santa Dulce dos Pobres
Santa Marta

Conselhos

CPP Conselho Pastoral Paroquial
CAP Conselho Administrativo Paroquial
CPC Conselho Pastoral Comunitário
Evangelizadores Servidores

Ires Leal Furtado (Gerente Administrativo )
Antônio Lúcio (Segurança )
Bernadeth Nogueira ( Auxiliar de serviços )
Celia Regina de Castro ( Financeiro )
Cibele Alcântara Lima (Secretaria / Processos)
Cristóvão Augusto de Melo (Operador de Painel )
Edgard Silvério dos Santos Junior (Compras )
Francisco de Assis Paula ( Auxiliar de Manutenção )
George Maria de Araújo ( Vigia )
Gustavo Drumond Araújo ( Publicitário )
Henrique Reis ( Organista )
Janaina Santos (Jornalista )
Joao Gabriel Lima ( Organista )
José Maurício Ferraz ( Auxiliar administrativo )
Junia Mariza Carneiro ( Secretária )
Márcia Aparecida Siqueira ( Limpeza )
Maria da Conceição de Farias ( Secretaria / Registros )
Maria de Fatima Felicíssimo Lodi ( Secretaria / Atendente )
Maria de Lourdes Silva ( Auxiliar de serviços )
Marlene Rodrigues dos Santos ( Lavanderia )
Orneli Maria Palácios Oropeza (Limpeza)

PRESTADORES DE SERVIÇO
Henrique Alves (Sonorização)
Rodinei de Oliveira (Manutenção)

OBRAS SOCIAIS:
Luís Antônio Silveira (Auxiliar de Serviços)
Richard François França (Auxiliar de serviços)
Rita de Cássia Fialho (Auxiliar Administrativo)

Vìdeo: Nos passos de São Judas - A História do Santuário Arquidiocesano São Judas Tadeu

Construção do Santuário

Chegada da imagem Peregrina de Nossa Senhora Aparecida ao Santuário