Santuário

Santuário Arquidiocesano São Judas Tadeu

07h

09h
11h
18h
20h
07h
19h
07h
19h
07h
19h
07h
19h
07h
19h
07h
17h
Dia 28 - Festa de São Judas Tadeu

00h

04h

06h

08h

10h

12h

14h

16h

18h

20h

22h

Comunidade Santa Rosa de Lima

Domingo
09h
Quarta-feira
19h
Você está em:

A vontade salvífica de Deus se entende como vontade de dar saúde ao seu povo, curá-lo e dele cuidar. A Bíblia contém inúmeros relatos de sofrimentos, ao longo da caminhada do povo de Deus. Esse povo, experimentado na dor, reconhece que Deus é o “médico de Israel” e, nas enfermidades, recorre a Ele. Sabe que Deus quer a saúde das pessoas, por isso se esmera em cuidar bem dela.

A primeira finalidade do sacramento é o cuidado e a salvação do enfermo. Recebendo-o, manifesta-se o poder de cura que Cristo deu à Igreja. Quando a doença persiste, mesmo após o sacramento ser ministrado e quando, eventualmente, ocorre a morte do enfermo , o sacramento dá à doença e à morte uma dimensão sacramental  e escatológica, transformando-as em manifestações visíveis e sacramentais da Paixão, da Morte e da Ressurreição de Cristo.

(Fonte: Diretório Pastoral Litúrgico-Sacramental da Arquidiocese de Belo Horizonte – vol. VII)

Mais informações na secretaria paroquial.