Santuário

Santuário Arquidiocesano São Judas Tadeu

07h

09h
11h
18h
20h
07h
19h
07h
19h
07h
19h
07h
19h
07h
19h
07h
16h
18h
Dia 28 - Festa de São Judas Tadeu

00h

04h

06h

08h

10h

12h

14h

16h

18h

20h

22h

Comunidade Santa Rosa de Lima

Domingo
09h
Quarta-feira
19h
Você está em:

O Santuário Arquidiocesano São Judas Tadeu, localizado no Bairro da Graça, região nordeste da capital mineira, é um espaço privilegiado para quem busca nutrir sua espiritualidade.
Diariamente, peregrinos trazem suas vidas, lutas e histórias, num autêntico movimento de entrega e abandono à misericórdia divina. Anualmente, cerca de 120 mil devotos comparecem, no dia 28 de outubro, à festa do Padroeiro. Este é um momento ímpar de demonstração de fé. São pessoas de todas as idades, que buscam, sem desanimar, o encontro pessoal com Deus.
Tudo começou de forma muito simples. Em 1952, uma pequenina capela dedicada a São Judas Tadeu foi erguida em uma fazenda, contando com o apoio de fiéis e membros da Sociedade São Vicente de Paulo.
Este pequeno templo transformou-se na Paróquia São Judas Tadeu, em 31 de dezembro de 1954, sob a bênção do primeiro arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, dom Antônio dos Santos Cabral.
O tempo passou, o Santuário ganhou um aspecto arquitetônico amplo e para melhor acolher os paroquianos e peregrinos, em 2017, iniciou-se a campanha em prol da sua revitalização.
Hoje, o Santuário é um grande centro evangelizador da Arquidiocese de Belo Horizonte, responsável pelas atividades pastorais e serviços, administração, atendimento aos romeiros e peregrinos que o visitam. Toda esta estrutura é mantida por colaboradores, além de centenas de voluntários, que ajudam a sustentar as atividades e projetos do Santuário.
Linha do Tempo
A história do Santuário Arquidiocesano São Judas Tadeu teve início com um pequeno palanque coberto de sapé, no qual, aos domingos, celebrava-se a Eucaristia para os fiéis. Em seguida, construiu-se uma humilde capela dedicada a São Judas Tadeu, fruto do trabalho dos vicentinos. Conheça a história deste espaço de fé:
  • 9 de março de 1952
Celebrada a primeira Missa na capelinha dedicada a São Judas Tadeu
  • 31 de dezembro de 1954
Em 31 de dezembro de 1954, dom Antônio dos Santos Cabral, arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, criou a paróquia desmembrada das paróquias de Nossa Senhora das Graças e da Sagrada Família.
  • 28 de outubro de 1955
Celebração da primeira Festa e Novena de São Judas Tadeu.
  • 1957
Inicia-se a elaboração do projeto de construção da igreja.
  • 28 de dezembro de 1958
Lançada a pedra fundamental do Santuário São Judas Tadeu
  • 1987
Foi adquirido um imóvel, situado à Rua Itaquera, 1.166, onde a paróquia dispõe de um grande salão e salas para reuniões, além de cozinha, secretaria e sanitários. Ademais, nesse mesmo local, construiu-se um ambiente anexo para atividades das Obras Sociais São Judas Tadeu e, também, das pastorais e movimentos do Santuário.
  • 2008
Para ampliar o espaço de evangelização, em 2008 adquiriu-se um terreno no bairro Nova Floresta e iniciou-se a construção da igreja para Comunidade Santa Rosa de Lima.
  • 2011
Inauguração da Comunidade Santa Rosa de Lima.
  • 2017
Início do Projeto de Revitalização “Nos Passos de São Judas”
Nossa Missão
O Santuário Arquidiocesano São Judas Tadeu tem por missão anunciar e testemunhar o Evangelho, à luz dos valores cristãos e da devoção a São Judas Tadeu, prestando um atendimento de qualidade, sendo agente transformador de pessoas e da sociedade.